Hilária Batista de Almeida, conhecida como Tia Ciata, é uma das figuras mais influentes da cultura negra carioca do início do século XX. Em sua casa, diversas expressões culturais, artísticas e religiosas da cultura negra, perseguidas na época, encontraram um espaço de liberdade e manifestação.

Além de Matriarca do Samba

Referência até os dias de hoje, Tia Ciata empreendeu há mais de 100 anos ações sociais e movimentos alinhados com pautas debatidas atualmente como o feminismo, racismo e tolerância religiosa.

Foi umas das grandes articuladoras para manter vivas diversas vertentes das culturas de matriz africana no Brasil. Ela é certamente figura essencial no processo de formação da nossa identidade nacional.

Parceiros da Casa